CIM Região de Aveiro
Área ReservadaFeed RSSLink FacebookLink TwitterAdicionar aos FavoritosEnviar página a um amigo
CIM Região de Aveiro
Precisa de ter o Flash Player para poder visualizar correctamente esta página. Pode efectuar o download aqui
Início setaActividades setaAmbiente e Energia setaEnguias na Ria de Aveiro, um ex-libris a preservar

Enguias na Ria de Aveiro, um ex-libris a preservar

Enquadramento

A enguia constitui uma grande divisa da Ria de Aveiro. A reputação desta espécie de peixe advém não das suas particularidades biológicas, mas da sua qualidade gastronómica. Confeccionada fresca, a enguia desperta também grande interesse na indústria de transformação, particularmente de conservas. Várias têm sido as tentativas de estabulação de crescimento em pisciculturas, até ao momento sem sucesso. A enguia difunde-se pelos quatro cantos do mundo, não somente por força do seu comportamento biológico de migração de longas distâncias, como em barricas e latas que chegam à mesa dos paladares mais exigentes.

Atenta à realidade económica regional e ao interesse científico global, a Universidade de Aveiro tem desenvolvido, desde 1987, trabalhos diversos incidindo sobre a ecologia e a ecotoxicologia da ictiofauna da Ria de Aveiro, em geral, e da enguia europeia, Anguilla anguilla, em particular. A distribuição, densidade e biomassa da espécie foram estudados, em períodos de 12 meses, em 1987/88 (Rebelo, 1992), em 1996/97 (Pombo e Rebelo, 2002), em 1998/99 e em 1999/2000 (Pombo et al., 2005). A espécie e a comunidade íctica foram, também, estudadas em contexto da organização biológica de um ecossistema lagunar parálico (Garnerot et al., 2004), de produtividade biológica (Pombo et al., 2007), da influência abiótica na distribuição (Pombo et al., 2005) e da evolução ao longo do século XX (Pombo et al., 2002).

 

 

O projeto Enguias na Ria de Aveiro, um ex-libris a preservar: biologia, sanidade e pesca é financiado no âmbito do Eixo 4 do PROMAR - Desenvolvimento sustentável das zonas de pesca (Programa Operacional das Pescas 2007-2013), o qual é gerido pelo Grupo de Ação Costeira da Região de Aveiro (GAC-RA), uma parceria local liderada pela CI Região de Aveiro. Trata-se de um dos projetos âncora da estratégia aprovado para o GAC-RA.

Para informações mais detalhadas consultar os documentos associados a este projeto.

Objetivos

Atentos ao contexto regulamentar comunitário para a recuperação da unidade populacional da enguia europeia e aos interesses cultural, económico e científico da enguia na Ria de Aveiro, a CI Região de Aveiro considera premente promover um estudo sobre este recurso natural que vise, no contexto ecológico desta massa de água, a sua preservação e responder à necessidade da sua exploração sustentada, nomeadamente, a longo prazo, reduzir a mortalidade de origem antrópica de modo a permitir a fuga para o oceano de, pelo menos, 40% da biomassa de enguias-prateadas.

Neste enquadramento, são eixos centrais do projeto:

  • Avaliar a tendência do estado do recurso numa escala temporal significativa;
  • Determinar a capacidade produtiva lagunar da espécie;
  • Conhecer, com o rigor possível, a influência da pressão pesqueira sobre a espécie;
  • Determinar a qualidade ambiental abiótica do sistema;
  • Apreciar a qualidade sanitária da enguia;
  • Elaborar propostas de ação fundamentadas e sustentadas, que contribuam para a preservação e valorização da enguia enquanto produto endógeno potenciador de desenvolvimento local.

 

Entidades Participantes

Promotor da Operação:
Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro

Parceiros da Operação:
UA – Universidade de Aveiro
FOR-MAR – Centro de Formação Profissional das Pescas e do Mar
APARA – Associação de Pesca Artesanal da Região de Aveiro
ADAPI – Associação de Armadores da Pesca Industrial
AIB – Associação dos Industriais do Bacalhau
MATERAQUA – Criação e Comercialização de Peixes, Lda.
David Casqueira Ramos (Empresário em nome individual – Mariscador)
APA – Administração do Porto de Aveiro 
DOCAPESCA – Delegação de Aveiro
Associação de Produtores e Marnotos da Ria de Aveiro 
Mútua dos Pescadores – Mútua de Seguros, CRL
DPB – Depuradora Portuguesa de Bivalves, S. A.
COMUR – Fábrica de Conservas da Murtosa, Lda.


Orçamento

Investimento Total:
57.720,00€
Comparticipação PROMAR:
43.290,00€ (75%)

Duração

fevereiro de 2012 a janeiro de 2014 (24 meses)

Ligações

PROMAR - Programa Operacional das Pescas 2007/2013

separador



URLEDATA
Converter em PDF
Enviar Página a um Amigo
Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro | Rua do Carmo - 20, 3800-127 Aveiro - Portugal
NIF 508 771 935 | NISS 20018144108 | tel +351 234 377 650 | tlm +351 937 084 680 | fax +351 234 377 659 | e-mail geral@regiaodeaveiro.pt